Pular para o conteúdo principal

Qual é o lugar mais importante da sua casa?



Qual é o lugar mais importante da sua casa? Eu acho que essa é uma boa pergunta para início de uma sessão de psicanálise. Porque quando a gente revela qual é o lugar mais importante da casa, a gente revela também o lugar preferido da alma. Nas Minas Gerais onde nasci o lugar mais importante era a cozinha. Não era o mais chique e nem o mais arrumado. Lugar chique e arrumado era a sala de visitas, com bibelôs, retratos ovais nas paredes, espelhos e tapetes no chão. Na sala de visitas as crianças se comportavam bem, era só sorrisos e todos usavam máscaras. Na cozinha era diferente: a gente era a gente mesmo, fogo, fome e alegria.

"Seria tão bom, como já foi...", diz a Adélia. A alma mineira vive de saudade. Tenho saudade do que já foi, as velhas cozinhas de Minas, com seus fogões de lenha, cascas de laranja secas, penduradas, para acender o fogo, bule de café sobre a chapa, lenha crepitando no fogo, o cheiro bom da fumaça, rostos vermelhos. Minha alma tem saudades dessas cozinhas antigas...

Nas casas de Minas a cozinha ficava no fim da casa. Ficava no fim não por ser menos importante mas para ser protegida da presença de intrusos. Cozinha era intimidade. E também para ficar mais próxima do outro lugar de sonhos, a horta-jardim. Pois os jardins ficavam atrás. Lá estavam os manacás, o jasmim do imperador, as jabuticabeiras, laranjeiras e hortaliças. Era fácil sair da cozinha para colher xuxús, quiabo, abobrinhas, salsa, cebolinha, tomatinhos vermelhos, hortelã e, nas noites frias, folhas de laranjeira para fazer chá.

As cozinhas de fogão de lenha não resistiram ao fascínio do progresso. As donas de casa, em Minas, por medo de serem consideradas pobres, dotaram suas casas de modernas cozinhas funcionais, onde o limpíssimo e apagado fogão à gás tomou o lugar do velho fogão de lenha. As cozinhas, agora, são extensões da sala de visitas. Mas isto é só para enganar. A alma delas continua a morar nas cozinhas velhas, agora transferidas para o quintal, onde a vida é como sempre foi. Lá é tão bom, porque é como já foi.

Faz tempo, num espaço meu, eu gostava de reunir casais amigos uma vez por mês para cozinhar. Não os convidava para jantar. Convidava para cozinhar. A festa começava cedo, lá pelas seis da tarde. E todos se punham a trabalhar, descascando cebola, cortando tomates, preparando as carnes. Dizia Guimarães Rosa: "a coisa não está nem na partida e nem na chegada, mas na travessia." Comer é a chegada. Passa rápido. Mas a travessia é longa. Era na travessia que estava o nosso maior prazer. A gente ia cozinhando, bebericando, beliscando petiscos, rindo, conversando. Ao final, lá pelas onze, a gente comia. Naqueles tempos o que já tinha sido voltava a ser. A gente era feliz.

Figura e Trechos extraidos da Casa de Ruben Alves http://www.rubemalves.com.br/cozinha.htm

Postagens mais visitadas deste blog

10 produtos para limpeza de azulejos

Dê adeus aos azulejos engordurados, com manchas de mofo, encardidos, sujos e opacos.

Nada como ver tudo brilhando e com aspecto limpo e saudável. Mesmo que a casa seja antiga, alugada ou emprestada é importante que a manutenção seja feita com frequência.
Hoje eu trouxe uma lista de 10 produtos para essa limpeza. Veja o que você tem em casa e simplesmente faça. Limpe uma parte de cada vez, sem exageros e aos poucos você verá a diferença.
1. Água sanitária  Aplique água sanitária pura com um pincel nos pontos que apresentam mofo. Deixe descansar por 10 minutos. Esfregue,  enxágue e seque. Utilize luvas e máscara e trabalhe com portas e janelas abertas.
2.Álcool  Passe um pano com álcool para manter o brilho e afugentar insetos.
3. Amido Azulejos brancos podem ser enxaguados com uma mistura de uma colher de amido de milho para cada litro água. O aspecto será de muito brilho e renovação dos rejuntes. Porém, apesar do visual lindo, a durabilidade é pequena.
4.Bicarbonato de sódio Faça uma pas…

Você conhece Lysoform?

Lysoform é um produto antigo eu diria, vintage. Aqui em casa, Lysoform Bruto continua fazendo sucesso na limpeza semanal dos os pisos. Utilizo diluído na proporção de ½ copo para 10 litros de água.
O produto foi fabricado pela empresa Milana com tecnologia alemã, até outubro de 2008, quando a marca Lysoform foi comprada pela Bom Bril.
Há pouco tempo a Bom Bril divulgou um documento que mostra a diferença entre os produtos Lysoform que achei muito útil e por isso trouxe para vocês.
Lysoform Bruto- Eficaz na Desinfecção de vasos sanitários, lixeiras e ralos, recomendável o (uso puro) . Possui ação bactericida/ e germes, que causam doenças, na limpeza domestica em quintais, lavanderias, paredes, e locais com animais. Para lavagem de roupas utilizar sempre no processo final da lavagem. Não é necessário enxaguar, porem recomendamos um teste em pequena área escondida do tecido, para certificar-se que não mancha. Bruto Plus Suave- As mesmas funções e composição da versão bruta. Porém possui od…

Como limpar estofados em tecido

Os estofados em tecido precisam ser aspirados toda semana para se manterem bonitos

Para a limpeza de manchas consulte a etiqueta e as orientações do fabricante. Caso não encontre, teste as seguintes receitas caseiras em uma parte não aparente do estofado. Utilize sempre panos de algodão branco e não esfregue o tecido para não descolorir ou desgastar.
1. Misture 1 colher de detergente neutro (transparente) em 1 litro de água morna. Agite a mistura até formar uma espuma abundante.Coloque a espuma lentamente sobre a mancha e esfregue com uma escova de cerdas macias.Remova o excesso de água com uma toalha de papel ou um pano branco seco.
 2. Após a limpeza com detergente  Prepare uma solução de 1 litro de água morna com 1 colher de vinagre e passe com pano limpo para avivar as cores.Deixe secar normalmente ou ajude com um secador de cabelos com temperatura baixa.Não se preocupe com o cheiro do vinagre pois sai assim que secar.
 3. Para limpar a seco  Polvilhe uma camada uniforme de bicarbonat…