10 de setembro de 2011

Dom Casmurro - representação em um vestido de crochê

Mais um livro lido em agosto de 2011. Dom Casmurro de Machado de Assis, um clássico da literatura brasileira. Para representar a beleza desse romance, encontrei um vestido elaborado por Helen Rodel que traz um comentário interessante da narrativa em sua descrição.


Este é um vestido em crochê, totalmente feito à mão e sem costuras cujas cores, a partir do topo, retratam o que antes era branco e cristalino, depois foi maculado pela dúvida, se banha de sangue da entrega, musgo do tempo em arrasto, marrom do cair ao chão, azul da honra manchada e por fim o negro do luto pela morte da crença.

O vestido representa a mácula do amor vivenciado por Bentinho, personagem título da obra Dom Casmurro, de Machado de Assis, publicada em 1899.
Mas, Bentinho teria sido traído pela esposa com seu melhor amigo, ou não? Ao final da narrativa, percebemos que carregamos a mesma dúvida de Bentinho, pois não conseguimos provar a culpa ou inocência de Capitu. Essa dúvida persiste porque o narrador tanto fornece indícios da existência do adultério quanto da pureza do comportamento da esposa. Entretanto, ele procura de todo modo, através de sua narrativa, convencer-nos da culpa de Capitu, o que terminaria por justificar sua decisão de abandonar mulher e filho na Suíça.

Você leu Dom Casmurro? São apenas 148 capítulos pequenos!
Conte pra gente...Dom Casmurro é um livro complexo e cada leitura origina uma nova interpretação. Eu amei ter lido novamente!!!

Foto: http://www.helenrodel.com.br/projetos/dom-casmurro/

8 comentários:

  1. Estou passada com esse vestido e a interpretação dele!!! E amo Dom Casmurro, li a primeira vez quando tinha 14 anos!!! E me apaixonei pela história envolvente e pelas incertezas que o narrador nos propõe... bjk

    ResponderExcluir
  2. Lindo né? Amei a interpretação que Helen deu ao vestido. Ela o fez para Uma Feira de livros em Porto Alegre em 2008. Achei fantástico!!!,beijos,

    ResponderExcluir
  3. Sempre achei que Bentinho era um psicótico, seu ciúme de Capitu me parece ser o cerne do romance.
    Adoro Machado.

    ResponderExcluir
  4. O vestido é maravilhoso. Gostei da sua descrição das cores.
    Eu adorei "Dom Casmurro", li ano passado. Amei o personagem Capitu, é um livro que vale a pena ler e reler, e reler.....
    Bj

    ResponderExcluir
  5. Oie...bom dia.....fico muito feliz quando vejo que deu uma passadinha la no meu canto..rss

    Quero te ajudar a publicar essa maravilha que vc faz....toda vez que tiver uma dica a respeito de publicacao de livro vou te passar, ate a gente conseguir e eu um dia ir numa pre estreia sua de alguma publicacao, eu vou estar la pra a noite de autografos..rss
    o sonho é muito , mas correr atras é tudo, então to nessa contigo..rs
    segue abaixo um link que achei bem interessante..da uma olhada...bjkas e um otimo sabado.
    Ah quanto a virada esportiva, vou sim.....apesar de nao estr de carro, da pra fazer sempre alguma coisa...

    ResponderExcluir
  6. Amei seu blog, e as dicas e tudo mais! E já votei ali no cantinho tb!!! Claro q compraria!!!

    Bjo e ótimo final de semana!

    ResponderExcluir
  7. Ro, eu reli Dom Casmurro no ano passado! Gostei muito mais do que quando era adolescente!

    Mas que vestido L I N D O ! Vc acredita que eu sei costurar, fazer tricô, bordar, mas não sei fazer crochê! Só fico na correntinha...

    Quero esse vestido para mim!

    Bjs,
    Ia

    ResponderExcluir
  8. Eu amo crochê, aprendi ainda criança. Curto muito fazer peças de vestuário, imaginar e ver ela sair pronta...Mas só de vez em quando...beijos

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita. Sua opinião é muito importante!

Voltar ao topo