Pular para o conteúdo principal

E por falar em esmaltes, quer conhecer a acetona?


Em química, a acetona também é conhecida como dimetilcetona, 2-propanona, propan-2-ona ou simplesmente propanona com fórmula química CH3(CO)CH3. É um composto orgânico sintético que também ocorre naturalmente no meio ambiente. É um líquido incolor de odor e sabor fáceis de distinguir. Evapora facilmente, é inflamável e solúvel em água.

Utilizações da acetona
A acetona é utilizada como solvente e como intermediário na produção química. Os maiores usos são na produção de metacrilato de metila, ácido metacrílico e metacrilatos superiores, bisfenol A, metil-cetona-isobutil, remédios e aplicações farmacológicas. Também existem aplicações na indústria alimentícia como solvente de extração para gorduras e óleos, e como agente de precipitação de açúcar e amido de purificação.
A acetona é utilizada como solvente em esmaltes, tintas e vernizes; na extração de óleos e na fabricação de fármacos. Possui emprego na indústria de explosivos como gelatinizante da pólvora sem fumaça (nitrocelulose) e como produto inicial de sínteses químicas, em especial na indústria farmacêutica.
Acetona é frequentemente o componente primário (ou único) na remoção de esmalte de unha, porém atualmente mulheres utilizam o acetato de etila em substituição à acetona para remoção de esmaltes em suas unhas. Elas acreditam que seja menos prejudicial e nocivo às unhas e à pele. A acetona é também usada como um removedor de supercola. Ele pode ser usado para polimento e limpeza de resinas de fibra de vidro e epóxi. É um forte solvente para maioria dos plásticos e fibras sintéticas.

Implicações à saúde e ao ambiente
Genericamente, a acetona não é considerada um composto muito tóxico, mas pode agredir a mucosa da boca, irritar e danificar a pele. Os tipos de acidentes mais comuns são os domésticos, por ingestão ou inalação da acetona, mas outros tipos também podem acontecer como queimaduras por uso inadequado do produto e acidentes por intoxicação. Quando o produto é absorvido pelas vias aéreas em altas concentrações tem efeitos narcóticos e pode levar ao coma.
Os efeitos em longo prazo da exposição à acetona são bem conhecidos de estudos de animais. Danos aos rins, fígado e nervos, aumento de malformações congênitas e redução da capacidade de reprodução dos machos ocorrem em animais expostos em longo prazo. Não se sabe se estes mesmos efeitos seriam exibidos em humanos.


Mas os danos no que diz respeito à acetona também afetam o ambiente. Tanto a forma aquosa do composto quanto os vapores comumente produzidos por ele são altamente inflamáveis e as reações de combustão estão sujeitas a acontecer. A acetona é um composto orgânico, que na presença de oxigênio e fontes de ignição, pode entrar em combustão
Assim, tratando-se de um poluente completamente miscível com água, sua possível infiltração no solo sem pavimento e sua chegada ao rio mais próximo podem comprometer a integridade das águas usadas para consumo. Dessa forma, a solução de acetona com água é extremamente prejudicial. 
By

Postagens mais visitadas deste blog

10 produtos para limpeza de azulejos

Dê adeus aos azulejos engordurados, com manchas de mofo, encardidos, sujos e opacos.

Nada como ver tudo brilhando e com aspecto limpo e saudável. Mesmo que a casa seja antiga, alugada ou emprestada é importante que a manutenção seja feita com frequência.
Hoje eu trouxe uma lista de 10 produtos para essa limpeza. Veja o que você tem em casa e simplesmente faça. Limpe uma parte de cada vez, sem exageros e aos poucos você verá a diferença.
1. Água sanitária  Aplique água sanitária pura com um pincel nos pontos que apresentam mofo. Deixe descansar por 10 minutos. Esfregue,  enxágue e seque. Utilize luvas e máscara e trabalhe com portas e janelas abertas.
2.Álcool  Passe um pano com álcool para manter o brilho e afugentar insetos.
3. Amido Azulejos brancos podem ser enxaguados com uma mistura de uma colher de amido de milho para cada litro água. O aspecto será de muito brilho e renovação dos rejuntes. Porém, apesar do visual lindo, a durabilidade é pequena.
4.Bicarbonato de sódio Faça uma pas…

Você conhece Lysoform?

Lysoform é um produto antigo eu diria, vintage. Aqui em casa, Lysoform Bruto continua fazendo sucesso na limpeza semanal dos os pisos. Utilizo diluído na proporção de ½ copo para 10 litros de água.
O produto foi fabricado pela empresa Milana com tecnologia alemã, até outubro de 2008, quando a marca Lysoform foi comprada pela Bom Bril.
Há pouco tempo a Bom Bril divulgou um documento que mostra a diferença entre os produtos Lysoform que achei muito útil e por isso trouxe para vocês.
Lysoform Bruto- Eficaz na Desinfecção de vasos sanitários, lixeiras e ralos, recomendável o (uso puro) . Possui ação bactericida/ e germes, que causam doenças, na limpeza domestica em quintais, lavanderias, paredes, e locais com animais. Para lavagem de roupas utilizar sempre no processo final da lavagem. Não é necessário enxaguar, porem recomendamos um teste em pequena área escondida do tecido, para certificar-se que não mancha. Bruto Plus Suave- As mesmas funções e composição da versão bruta. Porém possui od…

Como limpar estofados em tecido

Os estofados em tecido precisam ser aspirados toda semana para se manterem bonitos

Para a limpeza de manchas consulte a etiqueta e as orientações do fabricante. Caso não encontre, teste as seguintes receitas caseiras em uma parte não aparente do estofado. Utilize sempre panos de algodão branco e não esfregue o tecido para não descolorir ou desgastar.
1. Misture 1 colher de detergente neutro (transparente) em 1 litro de água morna. Agite a mistura até formar uma espuma abundante.Coloque a espuma lentamente sobre a mancha e esfregue com uma escova de cerdas macias.Remova o excesso de água com uma toalha de papel ou um pano branco seco.
 2. Após a limpeza com detergente  Prepare uma solução de 1 litro de água morna com 1 colher de vinagre e passe com pano limpo para avivar as cores.Deixe secar normalmente ou ajude com um secador de cabelos com temperatura baixa.Não se preocupe com o cheiro do vinagre pois sai assim que secar.
 3. Para limpar a seco  Polvilhe uma camada uniforme de bicarbonat…