Pular para o conteúdo principal

Excessos de hoje


Ontem conversei longamente com uma amiga enquanto separávamos e organizávamos  objetos que foram doados para troca no bazar da igreja. A idéia é que as pessoas tragam os excessos para trocar ou doar. A 
sala destinada para esse fim estava vazia a espera de algo e até o final de semana estará com aparência de loja de variedades.

Lembramos que o apego que muitas pessoas têm a certos objetos e roupas se deve também, a falta de lugares seguros para deixar os objetos para doação ou troca. Como doar um scarpin, um belo casaco, um jeans, um bom eletrodoméstico ou uma bolsa social numa aldeia, por exemplo?

A conversa me levou a refletir sobre um outro problema: os excessos. A vida atual proclama o excesso em tudo. A começar pelo excesso de informação, de propaganda, de apelo ao consumo. Muita coisa é só ruído e nem deveria merecer atenção, porque o excesso de produtos e serviços é um consumismo que funciona também, como uma válvula de escape para não olharmos para nós mesmas.

Acredito que se conseguirmos viver com o que é essencial, a vida será melhor e mais leve. Para mim sempre é hora de refletir e avaliar, pois o excesso gera estagnação. Ainda bem que na prática, a gente sempre tem mais alguma coisa a fazer. Vou comentar só duas atitudes:

1 - Usar o que tem em casa
Use aquela louça maravilhosa, suas taças de cristal e todos os outros tesouros escondidos a sete-chaves que você mantém em casa. Essas coisas materiais acabam, não foram feitas para durar para sempre. Use no almoço de domingo com a família. Essas lembranças serão mais importantes para sua família do que os objetos que poderá deixar de herança.


2 - Faça uma verificação em casa em busca de roupas, calçados e acessórios.

Avalie o que realmente precisa e se realmente é útil. Se está guardado há mais de um ano é sinal de que você não precisa da roupa e do sapato, por exemplo. Por que não uso? Por que este objeto está guardado? Estas são boas perguntas para serem feita, quando se deparar com algum desses objetos. Se não encontrar resposta satisfatória, separe, doe, venda ou troque.
http://pinterest.com/pin/106538347405596533/

Postagens mais visitadas deste blog

10 produtos para limpeza de azulejos

Dê adeus aos azulejos engordurados, com manchas de mofo, encardidos, sujos e opacos.

Nada como ver tudo brilhando e com aspecto limpo e saudável. Mesmo que a casa seja antiga, alugada ou emprestada é importante que a manutenção seja feita com frequência.
Hoje eu trouxe uma lista de 10 produtos para essa limpeza. Veja o que você tem em casa e simplesmente faça. Limpe uma parte de cada vez, sem exageros e aos poucos você verá a diferença.
1. Água sanitária  Aplique água sanitária pura com um pincel nos pontos que apresentam mofo. Deixe descansar por 10 minutos. Esfregue,  enxágue e seque. Utilize luvas e máscara e trabalhe com portas e janelas abertas.
2.Álcool  Passe um pano com álcool para manter o brilho e afugentar insetos.
3. Amido Azulejos brancos podem ser enxaguados com uma mistura de uma colher de amido de milho para cada litro água. O aspecto será de muito brilho e renovação dos rejuntes. Porém, apesar do visual lindo, a durabilidade é pequena.
4.Bicarbonato de sódio Faça uma pas…

Você conhece Lysoform?

Lysoform é um produto antigo eu diria, vintage. Aqui em casa, Lysoform Bruto continua fazendo sucesso na limpeza semanal dos os pisos. Utilizo diluído na proporção de ½ copo para 10 litros de água.
O produto foi fabricado pela empresa Milana com tecnologia alemã, até outubro de 2008, quando a marca Lysoform foi comprada pela Bom Bril.
Há pouco tempo a Bom Bril divulgou um documento que mostra a diferença entre os produtos Lysoform que achei muito útil e por isso trouxe para vocês.
Lysoform Bruto- Eficaz na Desinfecção de vasos sanitários, lixeiras e ralos, recomendável o (uso puro) . Possui ação bactericida/ e germes, que causam doenças, na limpeza domestica em quintais, lavanderias, paredes, e locais com animais. Para lavagem de roupas utilizar sempre no processo final da lavagem. Não é necessário enxaguar, porem recomendamos um teste em pequena área escondida do tecido, para certificar-se que não mancha. Bruto Plus Suave- As mesmas funções e composição da versão bruta. Porém possui od…

Como limpar estofados em tecido

Os estofados em tecido precisam ser aspirados toda semana para se manterem bonitos

Para a limpeza de manchas consulte a etiqueta e as orientações do fabricante. Caso não encontre, teste as seguintes receitas caseiras em uma parte não aparente do estofado. Utilize sempre panos de algodão branco e não esfregue o tecido para não descolorir ou desgastar.
1. Misture 1 colher de detergente neutro (transparente) em 1 litro de água morna. Agite a mistura até formar uma espuma abundante.Coloque a espuma lentamente sobre a mancha e esfregue com uma escova de cerdas macias.Remova o excesso de água com uma toalha de papel ou um pano branco seco.
 2. Após a limpeza com detergente  Prepare uma solução de 1 litro de água morna com 1 colher de vinagre e passe com pano limpo para avivar as cores.Deixe secar normalmente ou ajude com um secador de cabelos com temperatura baixa.Não se preocupe com o cheiro do vinagre pois sai assim que secar.
 3. Para limpar a seco  Polvilhe uma camada uniforme de bicarbonat…