24 de julho de 2012

Excessos de hoje


Ontem conversei longamente com uma amiga enquanto separávamos e organizávamos  objetos que foram doados para troca no bazar da igreja. A idéia é que as pessoas tragam os excessos para trocar ou doar. A 
sala destinada para esse fim estava vazia a espera de algo e até o final de semana estará com aparência de loja de variedades.

Lembramos que o apego que muitas pessoas têm a certos objetos e roupas se deve também, a falta de lugares seguros para deixar os objetos para doação ou troca. Como doar um scarpin, um belo casaco, um jeans, um bom eletrodoméstico ou uma bolsa social numa aldeia, por exemplo?

A conversa me levou a refletir sobre um outro problema: os excessos. A vida atual proclama o excesso em tudo. A começar pelo excesso de informação, de propaganda, de apelo ao consumo. Muita coisa é só ruído e nem deveria merecer atenção, porque o excesso de produtos e serviços é um consumismo que funciona também, como uma válvula de escape para não olharmos para nós mesmas.

Acredito que se conseguirmos viver com o que é essencial, a vida será melhor e mais leve. Para mim sempre é hora de refletir e avaliar, pois o excesso gera estagnação. Ainda bem que na prática, a gente sempre tem mais alguma coisa a fazer. Vou comentar só duas atitudes:

1 - Usar o que tem em casa
Use aquela louça maravilhosa, suas taças de cristal e todos os outros tesouros escondidos a sete-chaves que você mantém em casa. Essas coisas materiais acabam, não foram feitas para durar para sempre. Use no almoço de domingo com a família. Essas lembranças serão mais importantes para sua família do que os objetos que poderá deixar de herança.


2 - Faça uma verificação em casa em busca de roupas, calçados e acessórios.

Avalie o que realmente precisa e se realmente é útil. Se está guardado há mais de um ano é sinal de que você não precisa da roupa e do sapato, por exemplo. Por que não uso? Por que este objeto está guardado? Estas são boas perguntas para serem feita, quando se deparar com algum desses objetos. Se não encontrar resposta satisfatória, separe, doe, venda ou troque.
http://pinterest.com/pin/106538347405596533/

9 comentários:

  1. Realmente é uma ótima idéia, sabe aqui já fiz a limpa, falta somente levar até a instituição para liberar o espaço...

    Muita Luz e Paz
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Isso me fez lembrar um vídeo: A história das coisas no youtube: http://www.youtube.com/watch?v=ZpkxCpxKilI
    abraço

    ResponderExcluir
  3. Obrigada pela sugestão do vídeo Diane. É isso mesmo, precisamos desperdiçar menos, aproveitar mais e melhor as coisas.

    ResponderExcluir
  4. gostei das dicas, obriga.me a pensar se estou a fazer tudo cert
    。◕‿◕。 Viver num T0

    ResponderExcluir
  5. Foi exatamente o ke eu fiz esse final de semana... juntei tudo o ke não estava me servindo (inclusive jeans ke usei duas vezes) e foram sacoladas e doei tudo.. rs
    bjokas lindeza

    ResponderExcluir
  6. Rô, aqui como as estações são bem definidas,faço um "limpa"de roupas no inverno e outro no verão, e é impressionante,como juntamos coisas inutéis,sem dar nos conta.
    Adorei as dicas.
    Besitos

    ResponderExcluir
  7. É, Rô!! Eu sou a favor do DESTRALHAMENTO, inclusive o emocional. Sentimentos velhos, do passado, são apenas mais pedras que acrescentamos inutilmente ao nosso armário do coração.

    A gente tem a bendita mania de acumular, ajuntar, pra quê?? Aqui em casa a regra é a dos 3 meses: se não usei nesse período, não vou usar mais, portanto, pode ir com Deus.

    O que as pessoas precisam pensar antes de doar é: doe em condições de uso!! Bazer de caridade não é lixeira, tem gente que manda roupa suja, rasgada, sapato sem sola, ou só um pé, vc já deve ter visto isso, né? Triste. Doar sim, mas só que pode realmente ser usado.

    A vida fica mais leve...

    Excelente seu post, vou levar, tá?

    Bom fim de semana e bom trabalho na organização do bazar, que seja um sucesso!!!

    ResponderExcluir
  8. Ainda não terminei a arrumação que comecei em minha casa nesta férias. Mas todos os dias separo, tiro, jogo fora um pouquinho.
    Suas dias são ótimas e estão me ajudando muito. Beijos!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita. Sua opinião é muito importante!

Voltar ao topo