Pular para o conteúdo principal

Chá de ervas no dia da beleza


Como preparar e saborear um chá de ervas

Os chás podem ser preparados por infusão ou cocção:


Credito: http://pinterest.com/pin/154037249725681236/
Infusão: Consiste em despejar água fervente sobre a planta e depois abafar por uns 15 minutos. Este processo é utilizado para flores, folhas e também para ervas aromáticas. Quando  fervermos as essências poderão volatilizar (perder-se pela ação do calor), causando a perda de sabor e poder medicinal do chá.

Cocção: Consiste em se cozinhar a planta. Este processo deve ser restrito a raízes, cascas e sementes e a fervura pode variar de 3 a 15 minutos.

Dosagem: A quantidade normalmente indicada é de 20 gramas de erva por litro de água ou uma colher de chá por xícara, mas esta dosagem pode variar dependendo da planta.

Posologia: Pode-se tomar várias xícaras do chá por dia, de preferência longe das refeições, a não ser que o uso do chá seja exatamente para estimular funções digestivas.

Adoçantes: Os chás geralmente não precisam ser adoçados. Em alguns casos, porém, pode-se usar o mel quando se quiser aproveitar suas propriedades medicinais (gripes, tosses, etc), mas só devemos adoçar depois de coado, quando o chá já estiver morno, nunca antes, pois o calor destrói o poder medicinal do mel.

Prazo de validade: Nunca use um chá mais de 24 horas depois de preparado, pois ele entra em processo de fermentação (mesmo mantido em geladeira). Prepare a quantidade suficiente para um dia apenas.

Tempo de uso: Recomenda-se não usar o mesmo chá por tempo prolongado, pois o nosso organismo responde cada vez menos ao tratamento. Use por um período de 30 dias e troque por outro tipo de chá, retomando o seu uso após
algum tempo.

Utensílios: Evite usar utensílios de metal para fazer os chás. Embora não o notemos, eles podem causar alterações no efeito e sabor do chá. O ideal é usar recipientes de vidro, barro, louça ou esmalte.

Fonte: www.chadeervas.com.br

Postagens mais visitadas deste blog

Presentei com Agenda de Casa

Um excelente presente pra você ou sua amiga secreta! 


O Planner Agenda de Casa possui um plano anual com todas as atividades diárias, semanais, mensais, bimestrais, semestrais e anuais e muito espaço para seu planejamento! Funciona para quem mora sozinho, com a família,  como também para quem tem ou não faxineira ou empregada doméstica. Para cada dia você encontra sugestões pré-agendadas de limpeza em um ambiente da casa, elaboradas a partir de um plano anual.  O Planner Agenda de Casa tem muito espaço para seu planejamento. Além de sugestão diária de cardápio  que é uma mão na roda! Nos calendários mensais, você tem espaço para fazer seu planejamento mensal e priorizar diariamente o que não pode ser adiado. Também há espaço diário para anotações e gratidão. Enfim, são 400 páginas com espaços para personalizar suas metas e tarefas. Como o planner não tem datas definidas, você pode começar a usá-lo a qualquer hora! Prepare-se para se organizar com muito estilo! Em pouco tempo, com esta…

Conheça os licores famosos e como servir

Licor é uma bebida antiga que tem base de destilado, é aromatizado e possui no mínimo, 20% de açúcar. Os mais famosos do mundo vem da Europa porém, há registros históricos sobre povos antigos que consumiam algum tipo de bebida semelhante ao licor. 
Licores mais famosos do mundo •   Amaretto Disaronno (Itália): o licor de amêndoas •    Frangélico (Itália): avelã •    Pisa Nut Liqueur (Itália): avelã •    Vermeer Dutch Chocolate Cream (Noruega): chocolate •    Kahlúa (México): café •    Tia Maria (jamaica): café •    Chambord (França): Framboesa •    Maraschino (Itália): Cereja •    Limoncello (Itália): limão siciliano •    Midori (Japão): melão •    Sortilége (Canadá): maple •    Cointreau (França): laranja •    Grand Manier (França): laranja •    Bénédictine (França): ervas em fórmula secreta criada em 1510. •    Chartreuse (França): fórmula secreta a base de ervas •    Jägermeister ( Alemanha): Feito desde 1878 leva 56 tipos de ervas •    Pernod (França): anis •    Sambuca Romana (Itália): anis e uma c…

Rotina diária de Marie Kondo ao voltar do trabalho

Primeiro, abro a porta e anuncio para minha casa: “Cheguei!” 
Pego o par de sapatos que usei no dia anterior e deixei no hall, e digo: “Muito obrigada pelo trabalho árduo”, guardando-o no armário. Em seguida, descalço os sapatos que usei naquele dia e os coloco cuidadosamente no lugar onde estavam os de ontem.  Sigo para a cozinha, ponho a chaleira no fogo e vou para o meu quarto.  Deixo minha bolsa no tapete de pelo de carneiro e tiro as roupas que usei na rua. Coloco o blazer e o vestido num cabide, digo “Bom trabalho!” e os penduro provisoriamente na maçaneta do armário. Coloco a meia-calça no cesto de roupa suja, escolho uma roupa confortável e me visto. Cumprimento a planta que está num vaso na janela e acaricio suas folhas.  Minha tarefa seguinte é esvaziar o conteúdo da minha bolsa e guardar cada objeto em seu devido lugar.  Primeiro, retiro todos os comprovantes de pagamento da carteira, depois guardo-a numa caixa perto da minha cama.  O relógio de pulso fica numa caixinha antiga, e …

Onde estão as pilhas? Como guardar pilhas em casa.

Nossos aparelhos domésticos e de trabalho, controles remotos, brinquedos e vários equipamentos utilizados no dia a dia necessitam de pilhas para funcionar. Quando a pilha acaba é um transtorno se não houver reserva disponível. Porém, o armazenamento deve ser feito com critério, guardar novas com novas e usadas com usadas, porque quando guardadas juntas, as velhas roubam energia das novas.
Formatos e nomenclaturas A pilha no formato AA ou 2A é a mais comum de todas. De tamanho médio, geralmente é utilizada em relógios de parede, brinquedos e lanternas. Já a pilha AAA, também chamada de 3A ou pilha palito, é a menor, com frequência utilizada em controles remotos e MP3 players, onde o espaço é reduzido. Ambas têm a mesma voltagem (1,5v) e a diferença fica apenas no tamanho. Além das mais utilizadas, existem também as pilhas C (formato médio) geralmente usadas em lanternas pequenas. Também existem no mercado as pilhas D (formato grande), que normalmente são utilizadas em lanternas maiores…

Etiquetas lindas para imprimir

Hoje, depois de fazer minhas atividades agendadas, vou imprimir etiquetas para fazer uma arte.  Não será exatamente esta, mas é muito parecida.

É só escolher e imprimir as etiquetas.
Você pode imprimir em papel couché, furar e amarrar uma fita para uma lembrancinha.
Pode também colar em vidros, caixas ou onde quiser.

Inspirou?
O que você gostaria de etiquetar?
Escolha a sua aqui:  http://blog.worldlabel.com