2 de setembro de 2012

O método FlyLady e a Agenda de Casa

Quantos objetos entraram em sua casa esta semana? 
Quantos saíram ou foram reaproveitados? A diferença é o acúmulo de coisas que não usamos mais, puro declutter pense nisto!

O método FlyLady foi criado nos Estados Unidos e possui um site Flylady.net com informações sobre organização. No Brasil, o grupo oficial é o  FlyingInBrazil e existe desde 2005.

Uma das coisas que fiz quando começei participar do grupo em 2005, foi separar  algumas orientações que considerei muito importantes e adaptar à organização diária de tarefas domésticas da minha agenda de casa. Para deixar mais claro, dois pontos são fundamentais para manter a organização:

1. Cinco minutos por dia para separar o não se usa mais no cômodo do dia. A FlayLady chama este processo de declutter.

2. Cinco minutos por dia para guardar tudo o que está fora do lugar. A FlayLady chama os lugares que as coisas se acumulam de hotspots.

Para não se perder na organização do cômodo da vez, é bom começar pela entrada do cômodo e trabalhar no sentido do ponteiro do relógio sem pular nenhum cantinho.

Em pouco tempo a casa estará organizada! A vantagem do método é que por ser cíclico, há  sempre o que se fazer porque nossa casa é dinâmica.

5 comentários:

  1. Adorei o blog virei seguidoraaaaaaaaa bjssssssssssss

    ResponderExcluir
  2. Oi Rô, eu tentei seguir os métodos do flaylady, mas não consegui, achei muito difícil de compreender por ser nova, fiquei totalmente perdida e desisti.
    Bjos...

    ResponderExcluir
  3. Adorei a dica Rô. Quero muito fazer do meu lar um ambiente limpo e com boas energias e para isso toda dica que ajude é válida.
    Abraço e ótimo fim de semana!

    ResponderExcluir
  4. Torcendo para que em 2013 haja outra agenda da casa para que eu possa adquirir!
    Bjs e bom domingo!

    ResponderExcluir
  5. O item 2 é o mais difícil, impressionante que quanto mais se arruma, mais se acha coisa fora do lugar
    bjs
    Renata

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita. Sua opinião é muito importante!

Voltar ao topo