29 de novembro de 2012

Método FlyLady e Agenda de Casa

Com tantas atividades concomitantes estamos a procura de algo que se adapte à nossa realidade. 

Há vários métodos de organização que podemos adotar para manter a casa sempre em ordem, alguns bem debatidos e detalhados e outros mais simplificados. 

O método FlyLady foi criado nos Estados Unidos e possui um site Flylady.net com informações sobre organização. 

Quando comecei participar do grupo em 2005, separei  algumas orientações que considerei muito importantes e adaptei à organização diária de tarefas domésticas da minha Agenda de Casa. 

Para manter a organização da casa são necessários:

1. 5 minutos por dia para separar o não se usa mais no ambiente do dia. A FlayLady chama este processo de declutter.

2. 5 minutos por dia para guardar tudo o que está fora do lugar. A FlayLady chama os lugares que as coisas se acumulam de hotspots.

3.  15 minutos por dia no ambiente da vez.


Para não se perder na organização do ambiente da vez é bom começar pela porta de entrada e trabalhar no sentido do ponteiro do relógio sem pular nenhum cantinho. A vantagem do método é que por ser cíclico, há  sempre o que se fazer porque nossa casa é dinâmica.

Enquanto no método FlyLady trabalha-se uma semana inteira em uma zona, na Agenda de Casa há um roteiro semanal da seguinte forma:

Segunda-feira é dia de salas
Terça-feira é dia de cozinha e área de serviço
Quarta-feira é dia de quartos
Quinta-feira é dia de banheiros
Sexta-feira é dia do home office
Sábado dia de atelier


5 comentários:

  1. Essa agenda tem de chegar a Portugal! beijocas linda

    ResponderExcluir
  2. Eu faço quase a mesma coisa com 1 Kg e meiode coxão mole ou alcatra em bifes bem finos.
    Três receitas, bife acebolado um dia,
    e à milanesa no outro.
    Dá para guardar um pouco de bife à milanesa já frito bem sequinho congelado e fazer à parmegiana depois.
    Abraço de Luz e paz, sucesso com o blog sempre.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita. Sua opinião é muito importante!

Voltar ao topo