10 de dezembro de 2012

Preparação de um cardápio formal de Natal

A refeição poderá ser simples, mas será resultado da escolha cuidadosa dos ingredientes, de cuidados na preparação e requinte na apresentação dos alimentos.



foto

A ordem dos pratos deve ser:

1) Entrada: é um alimento leve que apenas prepara o paladar para o prato principal que virá a seguir. Pode ser sopa, consomé, salada, carpaccio, melão ou figos com presunto, alcachofras, aspargos ou massas leves.

2) Peixes ou frutos do mar: de preferência com vinho branco gelado; bacalhau ou salmão defumado são servidos com vinho tinto.

Sorbet. Entre o prato de peixe e o prato de carne, os apreciadores da boa mesa gostam de tomar um sorvete de limão, abacaxi, maracujá ou outra fruta cítrica, que serve para anular o gosto do primeiro prato. É servido em pequenas doses, em taças sobre prato de sobremesa, com colher de chá ou de sobremesa.

3) Carnes ou aves com acompanhamentos ou massas, são servidos com vinho tinto a temperatura ambiente (em torno de 18 graus)

4) Queijos: servidos em tábuas a moda francesa, antes da sobremesa, acompanhado de pão.

5) Sobremesa: doces, frutas, sorvetes com champanhe ou Porto.

6) Café e licores.

Suco de frutas, refrigerantes e cerveja não são servidos em mesas formais.

Dicas bacanas: Embora a ordem seja esta, não sirva todos os pratos para não deixar a refeição carregada.
Escolha algo leve como entrada, um prato principal e duas sobremesas já experimentadas.
Não arrisque novas receitas em dias formais.

2 comentários:

Obrigada pela visita. Sua opinião é muito importante!

Voltar ao topo