Pular para o conteúdo principal

Chá da tarde

Vamos tomar um chá? A receita dos biscoitinhos de coração está aqui. Ainda dá tempo de fazer.
créditos


Biscoitos do Coração

Ingredientes 
100g (1/2 xícara) de manteiga sem sal (em temperatura ambiente)
1/2  xícara de açúcar
1 ovo (em temperatura ambiente)
1/2 colher de chá de fermento em pó
2 xícaras de farinha de trigo e mais um pouco para polvilhar
1 pitada de sal
1/2 colher de chá de essência de baunilha (Acrescentei essência de amêndoas também).

Preparo
Peneire a farinha , o sal e fermento em uma vasilha e reserve.

Na batedeira, bata o açúcar e a manteiga até ficar fofo e branquinho. Junte o ovo e a baunilha e bata até ficar cremoso. Junte a mistura de farinha aos poucos e continue batendo em velocidade baixa somente até a farinha sumir na massa. Se ficar muito pesado para bater com a batedeira, misture com uma espátula grande ou com as mãos, mas sem trabalhar muito.  Junte a massa numa bola e embrulhe em plástico. Amasse para formar um disco e deixe descansar na geladeira por uma hora (acho que esqueci dessa etapa, mas deu certo).

Preaqueça o forno a 180 graus. Numa superfície polvilhada com farinha de trigo, abra a massa com um rolo também polvilhado, até ficar com 0,50cm de espessura. Corte com o cortador de biscoito e transfira  para uma assadeira de alumínio (eu forrei com papel manteiga, super prático). Não precisa untar. Amasse os retalhos e corte tudo de novo, até acabar a massa ou a sua paciência (haja paciência!).

O tempo de forno depende também do tamanho e formato dos biscoitos, mas dê uma olhada depois de uns 8 a 10 minutos (no meu forno demorou mais). Se eles estiverem douradinhos nas bordas, retire do forno e deixe esfriar um pouco na forma e depois transfira para uma grade. Deixe esfriar completamente. O rendimento varia muito pelo tamanho dos biscoitos, mas vamos chutar em umas 50 unidades de 8cm (o meus renderam 60 coraçõezinhos).

Receita da Pauli do blog mesa de jantar.

Postagens mais visitadas deste blog

Onde estão as pilhas? Como guardar pilhas em casa.

Nossos aparelhos domésticos e de trabalho, controles remotos, brinquedos e vários equipamentos utilizados no dia a dia necessitam de pilhas para funcionar. Quando a pilha acaba é um transtorno se não houver reserva disponível. Porém, o armazenamento deve ser feito com critério, guardar novas com novas e usadas com usadas, porque quando guardadas juntas, as velhas roubam energia das novas.
Formatos e nomenclaturas A pilha no formato AA ou 2A é a mais comum de todas. De tamanho médio, geralmente é utilizada em relógios de parede, brinquedos e lanternas. Já a pilha AAA, também chamada de 3A ou pilha palito, é a menor, com frequência utilizada em controles remotos e MP3 players, onde o espaço é reduzido. Ambas têm a mesma voltagem (1,5v) e a diferença fica apenas no tamanho. Além das mais utilizadas, existem também as pilhas C (formato médio) geralmente usadas em lanternas pequenas. Também existem no mercado as pilhas D (formato grande), que normalmente são utilizadas em lanternas maiores…

Conheça os licores famosos e como servir

Licor é uma bebida antiga que tem base de destilado, é aromatizado e possui no mínimo, 20% de açúcar. Os mais famosos do mundo vem da Europa porém, há registros históricos sobre povos antigos que consumiam algum tipo de bebida semelhante ao licor. 
Licores mais famosos do mundo •   Amaretto Disaronno (Itália): o licor de amêndoas •    Frangélico (Itália): avelã •    Pisa Nut Liqueur (Itália): avelã •    Vermeer Dutch Chocolate Cream (Noruega): chocolate •    Kahlúa (México): café •    Tia Maria (jamaica): café •    Chambord (França): Framboesa •    Maraschino (Itália): Cereja •    Limoncello (Itália): limão siciliano •    Midori (Japão): melão •    Sortilége (Canadá): maple •    Cointreau (França): laranja •    Grand Manier (França): laranja •    Bénédictine (França): ervas em fórmula secreta criada em 1510. •    Chartreuse (França): fórmula secreta a base de ervas •    Jägermeister ( Alemanha): Feito desde 1878 leva 56 tipos de ervas •    Pernod (França): anis •    Sambuca Romana (Itália): anis e uma c…

Rotina diária de Marie Kondo ao voltar do trabalho

Primeiro, abro a porta e anuncio para minha casa: “Cheguei!” 
Pego o par de sapatos que usei no dia anterior e deixei no hall, e digo: “Muito obrigada pelo trabalho árduo”, guardando-o no armário. Em seguida, descalço os sapatos que usei naquele dia e os coloco cuidadosamente no lugar onde estavam os de ontem.  Sigo para a cozinha, ponho a chaleira no fogo e vou para o meu quarto.  Deixo minha bolsa no tapete de pelo de carneiro e tiro as roupas que usei na rua. Coloco o blazer e o vestido num cabide, digo “Bom trabalho!” e os penduro provisoriamente na maçaneta do armário. Coloco a meia-calça no cesto de roupa suja, escolho uma roupa confortável e me visto. Cumprimento a planta que está num vaso na janela e acaricio suas folhas.  Minha tarefa seguinte é esvaziar o conteúdo da minha bolsa e guardar cada objeto em seu devido lugar.  Primeiro, retiro todos os comprovantes de pagamento da carteira, depois guardo-a numa caixa perto da minha cama.  O relógio de pulso fica numa caixinha antiga, e …

Minha receita de batata sauté

A minha melhor receita de batata sauté tem queijo!



Cada um tem a sua receita preferida,  faço a minha assim:
Lavo e descasco as batatas, corto em 4 e depois em 4 novamente. Cozinho com pouca água e sal. Escorro, coloco manteiga em uma frigideira funda, coloco as batatas e salteio rapidamente. Coloco queijo parmesão e dou uma salteada na frigideira para dourar. Finalizo com um pouco de salsinha bem picadinha e sirvo imediatamente.
*Sauté: Esse termo vem de uma palavra francesa que significa "saltar". Na gastronomia significa colocar a comida em panela muito quente, com um pouco de manteiga ou azeite, e sacudi-la durante o processo de cozimento.
Quer conhecer um pouco mais sobre a produção da batata orgânica? Veja neste manual como produzir batata orgânica

Créditos da foto

Cuidados essenciais com o guarda-roupa

O guarda-roupa também necessita de cuidados. Uma boa limpeza na parte interna para retirar odores antigos é bom. Verifique se não há cheiro de mofo ou se há presença de traças. Esses fatores estragam as roupas mas, para todos há solução.
Fonte Produtos e quando usar cada um:
Bicarbonato de sódio
•Para retirar odores antigos, dilua 1 colher de sopa de bicarbonato em um litro de água e passe um     pano umedecido em todo o armário.
• Retire tudo do guarda roupas e deixe as portas abertas durante algumas horas 
•Seque com um pano de algodão.
•Espere a secagem completa antes de recolocar as roupas.

Vinagre 
•Para retirar o cheiro de mofo retire tudo de dentro do guarda roupas.
•Aqueça um litro de vinagre e coloque em um recipiente de boca larga dentro do armário com as portas fechadas por 3 horas.
•Depois de retirar, passe um pano umido.
•Deixe aberto por várias horas para que seque bem. Se necessário, utilize o secador.
•Lave as roupas e objetos e seque ao sol antes de guardar.
•Este process…