22 de março de 2014

Outono, boa oportunidade para harmonizar vinhos e chocolates

A harmonização entre vinhos e chocolates já é bastante conhecida por enólogos e estudiosos do assunto, mas deve ser feita com cuidado. Outono é uma oportunidade para fazer esse experimento, por isso, trouxemos dicas que vão te ajudar a servir o vinho certo com o chocolate certo – lembrando que já demos várias dicas de como harmonizar vinhos e pratos, aqui no Agenda de Casa.



Para começar, se quisermos fazer a melhor escolha possível, é preciso atentar-se ao princípio básico de harmonização: pensar primeiramente nas características do vinho e do chocolate para, depois, encontrar a combinação perfeita.

Um dos melhores casamentos desse tipo de harmonização é o chocolate com coco queimado e o vinho do Porto. Os aromas de frutas secas, nozes, conhaque, e a doçura e álcool no ponto ideal do vinho, combinam incrivelmente com o sabor do chocolate com coco queimado, realçando a leveza do vinho e do chocolate.

Outra harmonização surpreendente é do chocolate com castanha do Pará e o vinho Jerez. Esse tipo de chocolate, se consumido em dose moderada, combina perfeitamente com a doçura do vinho Jerez, com notas de caramelo.

Além desses, o casamento entre o chocolate com pistache e o vinho Sauvignon Blanc também pode dar o que falar na hora de servir. Esse tipo de vinho denso possui boa quantidade de açúcar residual, acidez no ponto certo e aroma de frutas secas e maracujá. Ele é perfeito para o chocolate com pistache, com sua leve doçura e aroma persistente. O resultado no paladar é um gosto leve e prolongado.

Por serem mais doces, os chocolates ao leite representam um desafio maior na hora de escolher o vinho. Eles possuem uma concentração menor de cacau, mas uma adição maior de leite e, consequentemente, cremosidade de sobra. Por isso, um típico vinho Merlot cai como um par ideal com esse tipo de chocolate.

Segundo a dica da Sonoma – especialista em vinhos -, a mesma harmonização acima pode ser possível para os chocolates meio-amargos, porém, estes são ainda mais flexíveis, pois harmonizam muito bem com outros dois tipos de vinhos: o Cabernet Sauvignon e o Shiraz. Pode arriscar que dá certo.

Independente da combinação, a melhor pedida é a experimentação. Arrisque e combine os vinhos e chocolates que achar apropriado e que caiam no gosto do seu paladar. A experiência pode ser surpreendente.


Colaboração de Agatha Cavalcantti 

Um comentário:

  1. Rô,
    Adorei as dicas, com certeza utilizarei por aqui.
    Tenha uma linda semana
    Beijos
    Jack
    www.meucantinhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita. Sua opinião é muito importante!

Voltar ao topo