Pular para o conteúdo principal

Como montar uma pequena (e segura) maleta de pequenos socorros

Quem nunca teve uma dor de cabeça depois de um dia agitado ou ficou resfriado com a mudança de tempo? No caso das crianças, que vivem brincando e pulando, ralados nos joelhos e nos cotovelos são bem comuns e para emergências assim, é importantíssimo que você organize uma mini farmácia e tenha sempre a mão alguns remédios úteis. Veja aqui algumas dicas de como montar a sua mini farmácia e deixar toda a família protegida!



Quais itens são importantes em sua mini farmácia?

Os principais remédios que não podem faltar em sua maleta são os antitérmicos, curativos  anti-sépticos, algodão, gaze, esparadrapo, termômetro, soro fisiológico, tesourinha e álcool. Se você ou alguém da família pratica esportes, não se esqueça de contar com itens como pomada anti-séptica e anti-inflamatórios. Para o caso de familiares com alguma doença como diabetes ou pressão alta, não esqueça do monitor cardíaco e do monitor glicêmico, além de um medidor de pressão (este requer um curso para aprender utilizá-lo)

Lembre-se que ter alguns desses itens em casa não significa que você não precise ir ao médico! Antes de se medicar, sempre consulte um especialista da área. Além disso, alguns remédios, como antibióticos, apenas são vendidos com receita e não devem nunca ser tomados sem a indicação de um médico.

Outra dica importante é não colocar na mesma caixa de primeiros socorros, medicamentos de pessoas que estão em tratamento. Neste caso é bom que os medicamentos fiquem em lugares separados para evitar acidentes.

Onde colocar?

Antes de tudo, é preciso ter certeza que o local é seco, de fácil acesso e não pode ter contato com a luz do sol. Pode ser em um cantinho do armário da cozinha ou do quarto, a decisão é sua! Outra dica legal é separar os remédios por grupos, deixando os antigripais de um lado e os curativos de outro, por exemplo. Ah, lembre-se de deixar tudo longe do alcance das crianças.

Não esqueça que os medicamentos de pessoas em tratamento devem ser guardados em caixas ou locais seguros e separados da caixa de primeiros socorros.

Para a caixa de primeiros socorros, você pode providenciar uma caixinha específica, normalmente branca com a clássica cruz vermelha e com alguns compartimentos próprios para comprimidos, ou pode soltar a imaginação e customizar uma caixa que já tenha em casa e adicionar algumas repartições pensadas nos seus próprios itens. 

Postagens mais visitadas deste blog

10 produtos para limpeza de azulejos

Dê adeus aos azulejos engordurados, com manchas de mofo, encardidos, sujos e opacos.

Nada como ver tudo brilhando e com aspecto limpo e saudável. Mesmo que a casa seja antiga, alugada ou emprestada é importante que a manutenção seja feita com frequência.
Hoje eu trouxe uma lista de 10 produtos para essa limpeza. Veja o que você tem em casa e simplesmente faça. Limpe uma parte de cada vez, sem exageros e aos poucos você verá a diferença.
1. Água sanitária  Aplique água sanitária pura com um pincel nos pontos que apresentam mofo. Deixe descansar por 10 minutos. Esfregue,  enxágue e seque. Utilize luvas e máscara e trabalhe com portas e janelas abertas.
2.Álcool  Passe um pano com álcool para manter o brilho e afugentar insetos.
3. Amido Azulejos brancos podem ser enxaguados com uma mistura de uma colher de amido de milho para cada litro água. O aspecto será de muito brilho e renovação dos rejuntes. Porém, apesar do visual lindo, a durabilidade é pequena.
4.Bicarbonato de sódio Faça uma pas…

Você conhece Lysoform?

Lysoform é um produto antigo eu diria, vintage. Aqui em casa, Lysoform Bruto continua fazendo sucesso na limpeza semanal dos os pisos. Utilizo diluído na proporção de ½ copo para 10 litros de água.
O produto foi fabricado pela empresa Milana com tecnologia alemã, até outubro de 2008, quando a marca Lysoform foi comprada pela Bom Bril.
Há pouco tempo a Bom Bril divulgou um documento que mostra a diferença entre os produtos Lysoform que achei muito útil e por isso trouxe para vocês.
Lysoform Bruto- Eficaz na Desinfecção de vasos sanitários, lixeiras e ralos, recomendável o (uso puro) . Possui ação bactericida/ e germes, que causam doenças, na limpeza domestica em quintais, lavanderias, paredes, e locais com animais. Para lavagem de roupas utilizar sempre no processo final da lavagem. Não é necessário enxaguar, porem recomendamos um teste em pequena área escondida do tecido, para certificar-se que não mancha. Bruto Plus Suave- As mesmas funções e composição da versão bruta. Porém possui od…

Como limpar estofados em tecido

Os estofados em tecido precisam ser aspirados toda semana para se manterem bonitos

Para a limpeza de manchas consulte a etiqueta e as orientações do fabricante. Caso não encontre, teste as seguintes receitas caseiras em uma parte não aparente do estofado. Utilize sempre panos de algodão branco e não esfregue o tecido para não descolorir ou desgastar.
1. Misture 1 colher de detergente neutro (transparente) em 1 litro de água morna. Agite a mistura até formar uma espuma abundante.Coloque a espuma lentamente sobre a mancha e esfregue com uma escova de cerdas macias.Remova o excesso de água com uma toalha de papel ou um pano branco seco.
 2. Após a limpeza com detergente  Prepare uma solução de 1 litro de água morna com 1 colher de vinagre e passe com pano limpo para avivar as cores.Deixe secar normalmente ou ajude com um secador de cabelos com temperatura baixa.Não se preocupe com o cheiro do vinagre pois sai assim que secar.
 3. Para limpar a seco  Polvilhe uma camada uniforme de bicarbonat…