11 de junho de 2014

Como montar uma pequena (e segura) maleta de pequenos socorros

Quem nunca teve uma dor de cabeça depois de um dia agitado ou ficou resfriado com a mudança de tempo? No caso das crianças, que vivem brincando e pulando, ralados nos joelhos e nos cotovelos são bem comuns e para emergências assim, é importantíssimo que você organize uma mini farmácia e tenha sempre a mão alguns remédios úteis. Veja aqui algumas dicas de como montar a sua mini farmácia e deixar toda a família protegida!



Quais itens são importantes em sua mini farmácia?

Os principais remédios que não podem faltar em sua maleta são os antitérmicos, curativos  anti-sépticos, algodão, gaze, esparadrapo, termômetro, soro fisiológico, tesourinha e álcool. Se você ou alguém da família pratica esportes, não se esqueça de contar com itens como pomada anti-séptica e anti-inflamatórios. Para o caso de familiares com alguma doença como diabetes ou pressão alta, não esqueça do monitor cardíaco e do monitor glicêmico, além de um medidor de pressão (este requer um curso para aprender utilizá-lo)

Lembre-se que ter alguns desses itens em casa não significa que você não precise ir ao médico! Antes de se medicar, sempre consulte um especialista da área. Além disso, alguns remédios, como antibióticos, apenas são vendidos com receita e não devem nunca ser tomados sem a indicação de um médico.

Outra dica importante é não colocar na mesma caixa de primeiros socorros, medicamentos de pessoas que estão em tratamento. Neste caso é bom que os medicamentos fiquem em lugares separados para evitar acidentes.

Onde colocar?

Antes de tudo, é preciso ter certeza que o local é seco, de fácil acesso e não pode ter contato com a luz do sol. Pode ser em um cantinho do armário da cozinha ou do quarto, a decisão é sua! Outra dica legal é separar os remédios por grupos, deixando os antigripais de um lado e os curativos de outro, por exemplo. Ah, lembre-se de deixar tudo longe do alcance das crianças.

Não esqueça que os medicamentos de pessoas em tratamento devem ser guardados em caixas ou locais seguros e separados da caixa de primeiros socorros.

Para a caixa de primeiros socorros, você pode providenciar uma caixinha específica, normalmente branca com a clássica cruz vermelha e com alguns compartimentos próprios para comprimidos, ou pode soltar a imaginação e customizar uma caixa que já tenha em casa e adicionar algumas repartições pensadas nos seus próprios itens. 

Um comentário:

Obrigada pela visita. Sua opinião é muito importante!

Voltar ao topo