26 de junho de 2014

Home office na varanda, uma nova tendência

Trabalhar em casa é parte da rotina de mais de 30 milhões de brasileiros. O dado foi divulgado pelo último Censo realizado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Além disso, um levantamento da Monster, empresa de recrutamento, realizado com 1,2 mil participantes trabalhadores em empresas, aponta que 51% dos respondentes acreditam que o trabalho seria melhor realizado se fosse feito em casa. 


A prática que começou com os profissionais de Tecnologia da Informação nos Estados Unidos, atualmente é adotada em muitos países, por pessoas de diversas áreas, entre elas, comunicação, vendas, manufatura e pequenas produções fabris.

Entretanto, ter um home office que funcione perfeitamente e que não atrapalhe mais do que ajude é essencial. Primeiramente, é necessário ter um espaço somente para que o trabalho seja feito. Não precisa, necessariamente, ser um cômodo gigante da residência, mas é importante que ele seja organizado e bem estruturado.

Este espaço tão desejado, pode ser a sua varanda, por exemplo. Não precisa de muito: uma mesa funcional com algumas gavetas, cadeiras para escritório confortáveis, acesso à internet - preferencialmente sem fio, cabos organizados para não atrapalhar o caminho e algo que regule tanto a temperatura quanto a iluminação.

Se a varanda tiver algum tipo de isolamento, como uma porta, por exemplo, melhor ainda. Além disso, não se esqueça de instalar todos os acessórios e complementos de forma que o espaço não fique atolado. Opções de prateleiras ou mesmo arquivos, podem ser bem úteis, independentemente do tamanho do espaço. 

Mesmo que você não tenha muito espaço, dá para improvisar. Veja que ideia fantástica para um dia nublado de inverno!


Eu adotaria a nova tendência se tivesse uma varanda e você? 



2 comentários:

  1. Deve ser bem legal, mas dependendo da varanda o barulho deve incomodar pakas... rsrs
    bjoos

    melhoresposa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Gisele, Mas acredito que se a rua for tranquila, até que funciona!

      Excluir

Obrigada pela visita. Sua opinião é muito importante!

Voltar ao topo