Pular para o conteúdo principal

Lareiras: como fazer a manutenção?

Há poucos dias do fim do inverno, para quem tem uma lareira em casa, chegou a hora da manutenção, para que ela se mantenha funcionando perfeitamente nos próximos invernos.



Os diferentes tipos de lareiras não interferem na manutenção e limpeza periódica. Mesmo nos modelos mais modernos, é fundamental prestar atenção para que a sujeira e o resto de fuligem não acumulem e causem danos. Porém, é preciso que essa manutenção seja feita de forma adequada, seja a lareira portátil, ecológica ou tradicional. Confira algumas dicas para não errar e garantir, sem sujeira, o aquecimento de seu lar no próximo inverno!

Manutenção contínua
É preciso retirar as cinzas de carvão a cada vez que se usa a lareira, para que elas não acumulem e grudem em suas paredes: aguarde até que a lareira esteja totalmente resfriada e retire com uma pinça alguns pedaços de madeira que ainda possam ser utilizados. Borrife uma quantidade não muito grande de água, para que as cinzas assentem e não espalhem pela casa. Para finalizar, varra com uma vassoura de pelos bem macios toda a cinza e retire completamente da lareira. Repita isso toda vez que a lareira for utilizada.

Não dê chances para fuligem!
Mesmo com uma boa manutenção contínua, é possível que se formem crostas na parede da lareira, que nada mais é do que o acúmulo de resquícios de cinzas, conhecido como fuligem. Uma boa medida para não dar chances para a fuligem grudar na sua lareira é passar um pano úmido com água quente por todo o interior dela e nunca usar a lareira mais do que duas vezes sem executar essa limpeza.

Lareira limpa por dentro e por fora
A parte exterior da lareira não é menos importante e também deve receber limpeza periódica para não acumular sujeira e impedir o funcionamento perfeito. Cada lareira é revestida por um material específico e, por isso, a limpeza externa deve ser feita seguindo as instruções do fabricante. Na dúvida, para evitar que as susbtâncias químicas utilizadas na limpeza possam corroer algum acabamento, utilize um pano úmido apenas com água quente.

Não esqueça a chaminé
Os dutos da chaminé também são locais propícios para o acúmulo de fuligem e impurezas. Para evitar qualquer problema de obstrução que impeça a dispersão completa da fumaça, é necessário uma limpeza profissional pelo menos uma vez por ano. Essa limpeza não pode ser feita de qualquer forma, pois pode ser arriscado e também ineficaz. Não tente economizar, porque, neste caso, o barato pode sair mais caro, já que é extremamente importante garantir a dispersão da fumaça.


Postagens mais visitadas deste blog

10 produtos para limpeza de azulejos

Dê adeus aos azulejos engordurados, com manchas de mofo, encardidos, sujos e opacos.

Nada como ver tudo brilhando e com aspecto limpo e saudável. Mesmo que a casa seja antiga, alugada ou emprestada é importante que a manutenção seja feita com frequência.
Hoje eu trouxe uma lista de 10 produtos para essa limpeza. Veja o que você tem em casa e simplesmente faça. Limpe uma parte de cada vez, sem exageros e aos poucos você verá a diferença.
1. Água sanitária  Aplique água sanitária pura com um pincel nos pontos que apresentam mofo. Deixe descansar por 10 minutos. Esfregue,  enxágue e seque. Utilize luvas e máscara e trabalhe com portas e janelas abertas.
2.Álcool  Passe um pano com álcool para manter o brilho e afugentar insetos.
3. Amido Azulejos brancos podem ser enxaguados com uma mistura de uma colher de amido de milho para cada litro água. O aspecto será de muito brilho e renovação dos rejuntes. Porém, apesar do visual lindo, a durabilidade é pequena.
4.Bicarbonato de sódio Faça uma pas…

Você conhece Lysoform?

Lysoform é um produto antigo eu diria, vintage. Aqui em casa, Lysoform Bruto continua fazendo sucesso na limpeza semanal dos os pisos. Utilizo diluído na proporção de ½ copo para 10 litros de água.
O produto foi fabricado pela empresa Milana com tecnologia alemã, até outubro de 2008, quando a marca Lysoform foi comprada pela Bom Bril.
Há pouco tempo a Bom Bril divulgou um documento que mostra a diferença entre os produtos Lysoform que achei muito útil e por isso trouxe para vocês.
Lysoform Bruto- Eficaz na Desinfecção de vasos sanitários, lixeiras e ralos, recomendável o (uso puro) . Possui ação bactericida/ e germes, que causam doenças, na limpeza domestica em quintais, lavanderias, paredes, e locais com animais. Para lavagem de roupas utilizar sempre no processo final da lavagem. Não é necessário enxaguar, porem recomendamos um teste em pequena área escondida do tecido, para certificar-se que não mancha. Bruto Plus Suave- As mesmas funções e composição da versão bruta. Porém possui od…

Como limpar estofados em tecido

Os estofados em tecido precisam ser aspirados toda semana para se manterem bonitos

Para a limpeza de manchas consulte a etiqueta e as orientações do fabricante. Caso não encontre, teste as seguintes receitas caseiras em uma parte não aparente do estofado. Utilize sempre panos de algodão branco e não esfregue o tecido para não descolorir ou desgastar.
1. Misture 1 colher de detergente neutro (transparente) em 1 litro de água morna. Agite a mistura até formar uma espuma abundante.Coloque a espuma lentamente sobre a mancha e esfregue com uma escova de cerdas macias.Remova o excesso de água com uma toalha de papel ou um pano branco seco.
 2. Após a limpeza com detergente  Prepare uma solução de 1 litro de água morna com 1 colher de vinagre e passe com pano limpo para avivar as cores.Deixe secar normalmente ou ajude com um secador de cabelos com temperatura baixa.Não se preocupe com o cheiro do vinagre pois sai assim que secar.
 3. Para limpar a seco  Polvilhe uma camada uniforme de bicarbonat…