22 de outubro de 2014

Cansada de tudo?

Imagine, nem pensar! Tem dia que a gente não quer nada com nada. O que fazer? Nada. Erma Bombeck escreveu a seguinte teoria sobre tarefas domésticas: se a coisa não se multiplica, não cheira, não pega fogo e nem bloqueia a porta da geladeira, deixe estar. Ninguém mais se importa, porque eu deveria?

Erma foi uma escritora americana que fez sucesso nos anos 1960 e 1970. Com um humor afiado, ficou famosa e foi para a televisão. Ela falava sobre  assuntos de casa nos noticiários matinais. Se existissem blogs à sua época, teria sido uma blogueira. Escrevia sobre a vida da dona de casa para os jornais. 



Em sua  maturidade escreveu a seguinte reflexão que ajuda muito nos dias em que a gente está muito cansada:
Se eu tivesse minha vida para viver novamente 
Eu teria falado menos e ouvido mais. Eu teria convidado amigos para o jantar mesmo que o carpete estivesse sujo e o sofá desbotado.
Eu teria comido pipoca na sala de estar e me preocupado menos com a sujeira quando alguém pensasse em acender a lareira.
Eu teria tirado um tempo para ouvir meu avô contar-me sobre sua juventude.
Eu jamais insistiria para que as janelas do carro ficassem levantadas no verão, por causa do meu cabelo, que havia acabado de ser arrumado.
Eu teria acendido a vela cor-de-rosa, em forma de rosa, antes dela se desmanchar.
Eu teria me sentado no chão com meus filhos, sem me preocupar em me sujar.
Eu teria chorado menos assistindo televisão e vivido mais a minha vida.
Eu teria ido para cama quando estivesse doente, ao invés de agir como se o mundo fosse acabar, caso eu não saísse aquele dia.
Ao invés de ficar desejando durante os nove meses de gravidez, eu aproveitaria cada momento, pensando como a sementinha que se desenvolvia dentro de mim, era um milagre de Deus.
Quando os meus filhos me beijassem compulsivamente, eu jamais diria, "Mais tarde. Agora vamos lavar as mãos para jantar".
Haveria mais "Te amo"...mais "Me desculpe"......mas principalmente, tendo uma segunda chance de vida, eu iria juntar cada minuto... olhar e realmente vê-lo...vivê-lo...e nunca desperdiçá-lo.

Erma Bombeck

Créditos da foto

2 comentários:

  1. Rô, oi!

    E não é que é verdade? Para ler e reler e deixar sempre atuante na memória as dicas sábias.
    beijos mais.

    ResponderExcluir
  2. Como a gente só tem uma vida mesmo, vamos viver o hoje como se fosse o último dia!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita. Sua opinião é muito importante! RoArchela

Voltar ao topo