7 de outubro de 2014

Poliana, uma leitura instigante

Acabei de ler Poliana, uma delícia de leitura. Poliana é uma obra clássica e universal. A personagem principal do livro sensibiliza pelo otimismo, amor, bondade e pureza de sentimentos que irradia. A obra  é um romance eterno sobre temas eternos.



Tempos atrás, alguém comentou que determinada atitude era coisa de Poliana. Na hora, fiquei surpresa, pois ainda não havia lido. A história da menina que via um lado bom em tudo que acontecia, é um clássico da literatura. Incrível, mas até agora eu ainda não tinha lido! O fato, porém, é que nem todos tiveram o prazer de serem apresentados a esse livro, escrito em 1913 por Eleanor H. Porter.

Poliana conta a história de uma garota de 11 anos que, ao ficar órfã, vai morar com a tia, Paulina, que é extremamente rígida e não tem a mínima paciência com ela. As dificuldades, entretanto, não assustam Poliana, que aprendeu com o pai o "jogo do contente": procurar, em cada situação, um lado positivo.

Aos poucos, o otimismo da pequena vai contagiando todos ao seu redor e mudando a vida da comunidade em que mora - daí que vem o costume de chamar uma pessoa muito otimista de Poliana.

Para quem ainda não leu, criança ou adulto, vale procurar o livro nas livrarias. E para quem já leu, lembre-se de indicar ou emprestar para os filhos e netos. Além do texto gostoso e bem escrito, Poliana vale como lição de vida.

E como diz Poliana, "em tudo há sempre alguma coisa capaz de deixar a gente alegre; a questão é descobri-la."


3 comentários:

  1. Olá.
    Adorei a dica do livro.
    Eu nunca li... não conheço...
    Fiquei na curiosidade.

    Abraço.
    filhadejose.blogspot.com
    AnaVi

    ResponderExcluir
  2. É uma história verdadeira de um diário escrito por uma criança que sobrevivei aos horrores da era Hitler.
    Eu já li esse livro há muitos anos atrás, emprestei e por lá se perdeu. Onde vc encontrou para comprar?

    ResponderExcluir
  3. Tô com 41 e qdo tinha uns 8 anos li o polianna menina e o polianna moça, até hoje tento trazer esses ensinamentos pra mim. O equilíbrio vem de dentro, não importa o que vem de fora, não podemos mudar nossos pensamentos e atitudes. Sou fã dessa série! Quando acordo de manhã pergunto: cadê minha polianna hahaha

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita. Sua opinião é muito importante! RoArchela

Voltar ao topo