14 de novembro de 2014

Crianças à mesa

As crianças participam da vida social da família. Crianças educadas dentro de princípios de bons sentimentos e respeito ao próximo, crescem com mais segurança e se tornam cidadãos úteis. 

Levar ou levar as crianças
  1. Crianças só devem acompanhar adultos em ocasiões informais e em casa de pessoas mais íntimas.
  2. Exceção as damas de honra e pagens, não é recomendada a presença de crianças em casamentos.
  3. Em jantares de cerimônia, é melhor deixar as crianças com os avós, tios, ou contratar uma baby-sitter ou babá.
  4. Crianças que ainda não sabem se comportar à mesa não devem participar de mesas formais. Nesse caso é melhor  serem dispensadas do "sofrimento".
  5. Nos demais eventos informais, sua presença é uma alegria.  
A mesa no olhar da criança
  1. Tudo que cerca uma criança à mesa, tem medidas inadequadas para ela.
  2. Cadeira - quando uma criança está sentada, seus pés ficam balançando desconfortavelmente, longe do chão.
  3. Mesa - muito alta para o corpo da criança.
  4. Talheres e copos são enormes para suas pequenas mãos.
  5. Atrativos  a chamam para fora da mesa.

A presença de crianças no restaurante é importante para:
  1. Treinar habilidades que aprenderam em casa.
  2. Usar objetos da mesa de forma adequada.
  3. Ampliar o paladar ao conhecer pratos de outras regiões e culinárias diferentes. 
A presença de crianças no restaurante é desagradável quando:
  1. Correm entre as mesas e disputam o espaço dos corredores com os garçons.
  2. Brigam ou usam talheres como bateria.
  3. As mães correm atrás delas ou chamam a atenção em voz alta.
  4. As mães  ficam ansiosas e tentam enfiar colheradas nas bocas que relutam em abrir.
  5. Os pais ficam irritados em um clima nada condizente com a imagem da "família feliz"
Crianças aprendem com exemplos, de nada adianta fazer longas explanações sobre a atitude correta à mesa se em casa ninguém as segue. Aproveite as dicas e curta os eventos deste fim de ano, sem estresse!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita. Sua opinião é muito importante!

Voltar ao topo