Pular para o conteúdo principal

7 dicas de ouro para escolher um bom arquiteto

Se você está querendo reformar a sua casa e está em dúvida se contrata ou não um arquiteto, a primeira dica é: contrate! Seguir os conselhos de um profissional é muito importante para ter mais segurança e realizar um trabalho de qualidade. 



Para ajudá-la nessa etapa importante e fundamental da obra, selecionamos abaixo 7 dicas de ouro para escolher um bom arquiteto. Confira:

Proposta de serviço é indispensável

É imprescindível que o arquiteto apresente uma proposta de serviço, um documento que esclareça como o projeto será feito, o valor e a data limite de entrega para cada etapa. Também deve apresentar a quantidade de visitas que serão realizadas durante a execução da obra e como elas serão feitas. Se a parte contratante aceitar a proposta de serviço, é preciso exigir um contrato e o RRT (Registro de Responsabilidade Técnica) do Conselho de Arquitetura e Urbanismo.

Escolha um só profissional

Para evitar complicações e desentendimentos ao longo da obra, o ideal é contratar um único profissional para fazer tanto o projeto quanto o acompanhamento. Se, por um acaso, forem contratados dois profissionais, é importante que o autor do projeto visite periodicamente a obra.

Procure indicações e escritórios de arquitetura

Se você não conhece um arquiteto, busque indicações com amigos, familiares e conhecidos. Se, ainda assim, você não encontrar, recorra a sites como este aqui,  que reúnem excelentes escritórios de arquitetura em um só lugar.

Conheça o trabalho do arquiteto

Após escolher o arquiteto que irá conduzir a obra, visite uma construção projetada e gerenciada por ele. Apesar de ser possível ver fotos na internet, é muito importante conhecer o trabalho de perto para ter certeza na hora de contratá-lo.

Contrato de gestão da execução

Além de fazer uma visita de tempos em tempos à obra, é fundamental que, quando forem contratados dois especialistas diferentes, seja feito um contrato de gestão da execução para assegurar que o projeto saia exatamente da forma como foi idealizado por você e pelo profissional que fez o planejamento. No contrato devem constar as garantias, o que será feito, os prazos - em quanto tempo a obra será finalizada, os custos envolvidos, a relação de profissionais que irão trabalhar na obra, uma lista dos materiais necessários, quando serão comprados e os seguros.

Arquiteto bom é aquele que leva a opinião do cliente em consideração

Para que a obra fique adequada ao gosto do cliente, é fundamental que o profissional leve em consideração a opinião da pessoa que solicitou o serviço. Para entregar o melhor resultado possível, o arquiteto deve ouvir atentamente as necessidades e expectativas do contratante.

Valor cobrado

Os valores cobrados por cada arquiteto variam bastante. No entanto, uma coisa é comum para todos: o profissional deve ser recompensado pelo seu serviço, não pela contratação de terceiros ou compra de materiais. Antes de assinar o contrato e dar início à obra, avalie se os preços praticados estão de acordo com a Tabela de Honorários de Serviços de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (veja aqui).

Postagens mais visitadas deste blog

21 dias de cuidados minimalistas

Este desafio é pessoal e só depende de você. São 21 dias de cuidados com um lema diário baseado na metodologia Kaisen que diz: um dia não pode terminar sem que um progresso tenha sido realizado. 

A metodologia Kaizen é uma abordagem estruturada que visa assegurar que os processos satisfaçam nossas necessidades, não apenas no momento atual, mas de forma continua ao longo do tempo. O enfoque não consiste em buscar a melhor solução para um momento específico, mas sim desenvolver sistemáticas que garantam a manutenção e aperfeiçoamento a cada dia. A metodologia Kaisen de desafio pessoal consiste em seis estágios: Identificação e seleção das oportunidades de melhoria; estabelecimento de metas de melhoria; análise do processo atual; geração e seleção de alternativas de aperfeiçoamento; implementação das melhorias e avaliação contínua do processo. Vamos começar? 1.Identifique três prioridades para seu dia. Não fique estressado pensando em todo o trabalho que você precisa fazer. Simplesmente faça…

Cinco passos para a organização da casa com base Método KonMari

Enquanto a arrumação é diária e consiste em usar algo e colocá-lo de volta em seu devido lugar, fato que sempre fará parte da nossa vida, a organização é um evento especial, que tem por objetivo colocar a casa em ordem em um único processo. O segredo para a organização eficiente é descartar itens desnecessários e decidir onde guardar o que sobra. Para aproveitar ao máximo as coisas que são importantes, primeiro você precisa se desfazer daquelas  coisas que já não têm mais função e  só ocupam espaço. Confira os cinco passos para organizar sua casa de uma vez por todas!
1. Como organizar as roupas Começando com o mais fácil e deixando o mais difícil para o final, você irá aperfeiçoar, aos poucos, sua capacidade de decisão e quando chegar à última categoria o processo vai parecer simples. Antes de começar a organização das roupas, junte todas as roupas em cima da cama. Para fazer o trabalho com mais eficiência, divida as roupas nas seguintes subcategorias: Blusas (camisas, camisetas, suétere…

Como organizar uma agenda pessoal

Nossa agenda pessoal envolve muitas atividades diárias, semanais e mensais. Por isso uma boa organização da agenda é super necessária. Veja como planejar e otimizar  sua agenda com sucesso.




Como fazer um planejamento passo-a-passo:
Em primeiro lugar divida sua vida em 3 prioridades permanentes: (vida pessoal, vida familiar e trabalho)
Pessoal – coloque no papel tudo que você deseja para a sua vida: emagrecer, começar academia, parar de fumar, fazer uma lipo, começar um curso de inglês, fazer um curso de culinária, ler 1 livro por mês, usar menos a internet; fazer um clareamento dental...
Família – coloque no papel tudo que envolve sua família: trocar de carro, comprar um apto maior; uma viagem a Disney com as crianças, reformar  e trocar os eletrodomésticos da cozinha, fazer uma 2ª viagem de lua de mel...
Trabalho – coloque no papel seus planos profissionais: aumentar minha carteira de clientes em 50%; alcançar a posição de liderança em... Nas vendas diretas temos a vantagem de construir …

Conheça os licores famosos e como servir

Licor é uma bebida antiga que tem base de destilado, é aromatizado e possui no mínimo, 20% de açúcar. Os mais famosos do mundo vem da Europa porém, há registros históricos sobre povos antigos que consumiam algum tipo de bebida semelhante ao licor.  Licores mais famosos do mundo •   Amaretto Disaronno (Itália): o licor de amêndoas
•    Frangélico (Itália): avelã
•    Pisa Nut Liqueur (Itália): avelã
•    Vermeer Dutch Chocolate Cream (Noruega): chocolate
•    Kahlúa (México): café
•    Tia Maria (jamaica): café
•    Chambord (França): Framboesa
•    Maraschino (Itália): Cereja
•    Limoncello (Itália): limão siciliano
•    Midori (Japão): melão
•    Sortilége (Canadá): maple
•    Cointreau (França): laranja
•    Grand Manier (França): laranja
•    Bénédictine (França): ervas em fórmula secreta criada em 1510.
•    Chartreuse (França): fórmula secreta a base de ervas
•    Jägermeister ( Alemanha): Feito desde 1878 leva 56 tipos de ervas
•    Pernod (França): anis
•    Sambuca Romana (It…

Menos é mais, no Princípio 80/20

Aplicar esse princípio no dia a dia significa empreender uma mudança real na maneira de ver e viver a vida. O conceito de que 80% do que queremos é gerado por 20% do que fazemos, significa que somente uma pequena parte do que fazemos é importante de fato. O resto é apenas desperdício. A melhor maneira de aplicar à vida é fazer menos, porque menos é mais quando você se concentra nas poucas atividades realmente importantes como sua felicidade e a das pessoas que ama.

Independente da renda mensal, sempre é possível economizar, investir e multiplicar dinheiro se você estiver menos preocupado com sua carreira e mais envolvido em desfrutar do trabalho. Poupar, mudar de emprego, trabalhar menos horas por dia, descansar mais, conviver mais com seus filhos, economizar com empregada doméstica, fazer orçamentos, não comprar por impulso, são algumas ideias do que é possível fazer para viver com menos. Quando conseguimos fazer uma poupança razoável, ela pode sustentar nossa independência. 
De aco…