Pular para o conteúdo principal

Blogs, aplicativos e o olhar brasileiro na blogosfera

Hoje em dia, acessar as redes sociais significa compartilhar informações para a comunidade formada por pessoas com as quais mantemos contato.



A tecnologia está tão avançada que é capaz de levar e transmitir  informações para qualquer lugar e a blogosfera está seguindo esta tendência. A tecnologia de informação está cada vez mais presente em nossa vida. Mas vale lembrar que ela deve ser usada para se aproximar dos que estão longe e aproximar mais ainda, os que já estão perto.

Para que tenhamos acesso a essas tecnologias, há muito trabalho envolvido, muito tempo gasto, horas de estudos e também muita dedicação. Se pensarmos na criação de um aplicativo como um exemplo de aplicação prática,  tudo envolve custos. Em uma empresa de software, há salários, aluguel, licenças e taxas a serem pagas. 

No caso de um desenvolvedor individual, onde o custo é menor, há o tempo que o desenvolvedor dispensa à criação e elaboração de sua ideia, o tempo que ele dedica a aprender programação e pesquisar as melhores referências, além de custos práticos como conta de luz e taxas diversas. No mundo em que vivemos, é muito difícil sobreviver sem um emprego fixo, e se quisermos empenhar nosso tempo em algo que achamos interessante, isso tem que dar um retorno financeiro mínimo, para que não sejamos obrigados a largar tudo e partir para outra atividade.

Um desenvolvedor que não consegue pagar suas próprias contas com seus aplicativos, acaba desistindo e fazendo outra coisa. Isto é o que muitos brasileiros já fizeram. Se muitos seguirem este caminho, qual será o resultado? Ficaremos cada vez com menos opções legais nas lojas de aplicativos. 

Cobrar por aplicativos não é algo ilógico ou “desonesto”, muito pelo contrário. É uma maneira sustentável de oferecer um produto ou serviço para os usuários. Porém, geralmente não nos damos conta disso, quando nos comparamos aos consumidores das tecnologias de informação dos países desenvolvidos. Brasileiros são diferentes. Não apoiamos blogs com propagandas, não clicamos em propagandas, principalmente, se for para o outro ganhar algo com isso. Mesmo que se saiba que é para pagar seu trabalho. Damos volta e não clicamos para que o outro não ganhe nem um centavo. 

Nos blogs, queremos encontrar textos bons, com bons conteúdos, que nos alegrem, nos informem, nos coloquem em dia com a notícia, se não, criticamos e procuramos outro que nos agrade. Queremos tudo de graça, levar vantagem, explorar, sem pensar em quem está trabalhando para que tudo aconteça. Este ano vi muitos blogs bons desistirem de suas atividades por conta desse fato. Este é um momento para refletir e compartilhar.

A pesquisa publicada pela Convergência Digital, divulgada no final de 2015, mostrou dados que nos ajudam a entender um pouco do mundo da blogosfera pelo olhar do brasileiro.

  • No Brasil, nenhum aplicativo com mais de 10 milhões de downloads é pago. 
  • 59% dos apps baixados pelos brasileiros em seus tablets ou smartphones contam com menos de 1.000 downloads.
  • Em volume, os games lideram com mais de 40% de participação entre os aplicativos com mais de 10 milhões de downloads, seguidos (muito de longe) pelas ferramentas de produtividade (como e-mail ou edição de texto), que batem os 10,5%. As outras categorias têm poucos "líderes".
  • 21% dos games baixados são puzzles (quebra-cabeças); 19,5%, games casuais (simples e rápidos de se aprender); e 16,5%, arcades (estilo fliperama).
  • Os apps de comunicação (troca de mensagens) são os que geram mais engajamento (medido por reviews pela pesquisa BigData), o que indica um maior nível de utilização e de preocupação do usuário com esse gênero de aplicativo. Em seguida temos jogos e apps de fotografia.
  • Aplicativos gratuitos geram muito mais engajamento entre os usuários do que os aplicativos pagos, respondendo por mais de 98% do total de reviews. Ainda de acordo com o estudo, as pessoas tendem a ser mais "generosas" quando avaliam aplicativos gratuitos, atribuindo notas mais altas a eles.
  • Os aplicativos com maior quantidade de downloads (10 milhões ou mais) são atualizados ao menos uma vez a cada 3 meses. Já os aplicativos de primeira linha são atualizados, em média, a cada 20 dias. 

Fontes: PesquisaFotos


Postagens mais visitadas deste blog

Agenda de casa é um método de organização

O Planner Agenda de Casa funciona para quem mora sozinho, com a família, tem ou não faxineira ou empregada doméstica. Para cada dia você encontra sugestões pré-agendadas de limpeza em um ambiente da casa. Elaborado a partir de um plano anual, traz todas as atividades diárias, semanais, mensais, bimestrais e semestrais. Além disso, tem muito espaço para seu planejamento. Tem também, uma sugestão diária de cardápio  que é uma mão na roda!

Afinal, quem não quer ter uma agenda com as atividades de casa pré-agendadas para cada dia da semana? Já imaginou você chegar a tarde e poder conferir o que foi feito hoje em sua casa? Avaliar se foi bem feito se ficou completo e, além disso, saber o que precisa ser feito amanhã? Tudo está na agenda, é só fazer ou orientar e cuidar do restante das coisas da vida, sem dor de cabeça com a casa. 
Em pouco tempo, com esta aliada você poderá colher frutos da organização diária, sem dia de faxina e sem correrias.



Veja mais detalhes no vídeo

Compre sua Agenda de …

Rotina diária de Marie Kondo ao voltar do trabalho

Primeiro, abro a porta e anuncio para minha casa: “Cheguei!” 
Pego o par de sapatos que usei no dia anterior e deixei no hall, e digo: “Muito obrigada pelo trabalho árduo”, guardando-o no armário. Em seguida, descalço os sapatos que usei naquele dia e os coloco cuidadosamente no lugar onde estavam os de ontem.  Sigo para a cozinha, ponho a chaleira no fogo e vou para o meu quarto.  Deixo minha bolsa no tapete de pelo de carneiro e tiro as roupas que usei na rua. Coloco o blazer e o vestido num cabide, digo “Bom trabalho!” e os penduro provisoriamente na maçaneta do armário. Coloco a meia-calça no cesto de roupa suja, escolho uma roupa confortável e me visto. Cumprimento a planta que está num vaso na janela e acaricio suas folhas.  Minha tarefa seguinte é esvaziar o conteúdo da minha bolsa e guardar cada objeto em seu devido lugar.  Primeiro, retiro todos os comprovantes de pagamento da carteira, depois guardo-a numa caixa perto da minha cama.  O relógio de pulso fica numa caixinha antiga, e …

Como organizar o material de limpeza

Quando você passa algum tempo sem organizar os materiais de limpeza, parece que muitos frascos procriaram. Você encontra muitos sem nenhuma função e até produtos fechados que comprou em alguma promoção e esqueceu. Qualquer material de limpeza que você não usa pode ser doado para algum lugar onde possa ser aproveitado.

Como organizar o material de limpeza
Junte todos os produtos de limpeza que você tem em casa e analise cada um. Separe aqueles que são essenciais e guarde juntos em uma prateleira. Eu gosto de organizar meus produtos em bandejas redondas pois como ficam no alto, posso girar e buscar o que me interessa na bandeja, sem precisar de escada.
Nem todos os produtos que você tem são necessários para a limpeza da sua casa. O material de  limpeza só tem valor se for usado. Se há algum produto no armário que ainda nem foi aberto, abra-o e utilize-o até o fim, mantendo minuciosamente limpos todos os espaços de armazenamento de sua casa.

As bandejas redondas


As bandejas que utilizo pa…

Conheça os licores famosos e como servir

Licor é uma bebida antiga que tem base de destilado, é aromatizado e possui no mínimo, 20% de açúcar. Os mais famosos do mundo vem da Europa porém, há registros históricos sobre povos antigos que consumiam algum tipo de bebida semelhante ao licor. 
Licores mais famosos do mundo •   Amaretto Disaronno (Itália): o licor de amêndoas •    Frangélico (Itália): avelã •    Pisa Nut Liqueur (Itália): avelã •    Vermeer Dutch Chocolate Cream (Noruega): chocolate •    Kahlúa (México): café •    Tia Maria (jamaica): café •    Chambord (França): Framboesa •    Maraschino (Itália): Cereja •    Limoncello (Itália): limão siciliano •    Midori (Japão): melão •    Sortilége (Canadá): maple •    Cointreau (França): laranja •    Grand Manier (França): laranja •    Bénédictine (França): ervas em fórmula secreta criada em 1510. •    Chartreuse (França): fórmula secreta a base de ervas •    Jägermeister ( Alemanha): Feito desde 1878 leva 56 tipos de ervas •    Pernod (França): anis •    Sambuca Romana (Itália): anis e uma c…

Como arrumar a casa

Arrumação é diferente de organização. Você só consegue arrumar a casa quando ela está organizada, ou seja, quando cada objeto possui seu lugar. Arrumar é simplesmente colocar cada coisa em seu lugar. Para ter uma casa bonita e confortável, é preciso arrumá-la todos os dias e vale até seguir uma rotina para que a casa esteja bem agradável. Se a casa não foi arrumada, logo se vê. As coisas ficam esparramadas, fora do lugar.

Estes são os itens básicos da arrumação: Cozinha: mesa limpa, pia limpa, louça guardada e fogão limpo, sem panelas á vista, nada no chão, lixeiras limpas, panos de prato e de mão limpos. Poucos enfeites para facilitar a vida.Sala: almofadas organizadas, tapete limpo, mesa com vaso e flores naturais de preferência, nada espalhado pelo chão e nada  acumulado sobre as superfícies.Banheiro: toalha limpa, bancada seca, piso seco, sabonete, papel higiênico, pasta de dente e cotonetes, dispostos em seus respectivos lugares, cesto limpo e sem lixo. Sem tape…