Pular para o conteúdo principal

Momentos finais da tese, a dor

Veja os concursos que estão abertos

Quem já passou por ela sabe. Você quer concluir e encerrar essa etapa tão estressante da vida, embora gostaria de ter mais tempo, voltar ao laboratório, continuar as pesquisas, analisar por outro método, mas não dá mais tempo. Agora é finalizar entregar e esperar a data da defesa.



Só para situar, uma tese é a finalização do doutorado enquanto a dissertação é do mestrado e o trabalho de conclusão de curso (TCC) é o de graduação.  Especificamente, sobre a dor da tese, a  antropóloga Miriam Grossi publicou um artigo que me interessou porque estou acompanhando  de perto mais uma vez, esse momento em casa e também, porque, consequentemente, passo por essa dor. Quem sabe, você lendo, acaba até compreendendo melhor aquele seu amigo que está sofrendo dessa mesma dor!

Que dor é essa? 
dor da escrita da tese, é uma dor que se re-atualiza (em menor escala) cada vez que temos de escrever um artigo para um congresso ou mesmo dar uma aula. Creio que a proposta teórica de Joyce McDougall, psicanalista que vem refletindo nos últimos anos sobre o processo de criação artística e a sua relação com o inconsciente e o corpo, pode nos servir como pano de fundo para entender o processo de criação intelectual, num sentido mais amplo. Nos casos clínicos que sustentam as suas análises, os artistas (escritores, pintores, artistas plásticos) sofrem fisicamente, e é a partir desse sintoma que procuram a psicanálise. McDougall constata que a criação artística é antecedida de doenças, e que os seus analisados (artistas) conseguem produzir artisticamente apenas depois de terem elaborado aquilo que, no inconsciente, embarga a criação — e que é ao mesmo tempo a fonte do processo criativo. A autora vai além da ideia mais corrente de somatização, afirmando que o sofrimento expresso no corpo é uma das formas psíquicas mais recorrentes no processo de criação, e que este sofrimento é parte do próprio processo de criação.

Acredito que o mesmo pode ser dito relativamente ao processo de criar uma tese, e que a sua teoria pode nos ajudar, enquanto orientadores, a entender os sofridos processos pelos quais passam os nossos orientandos. Doenças são muito comuns no momento da escrita da tese. Doenças leves como gripes, resfriados e diarreias até doenças muito mais graves como câncer, problemas cardíacos, sérias infecções, problemas ginecológicos, aí se incluindo tentativas de suicídio (ou até mesmo consecuções). Como orientadores, defrontamo-nos seguidamente com os nossos alunos doentes, submetidos a dores físicas e impedidos de escrever.

Como, então, lidar com este sofrimento?
Tenho-me perguntado, à luz das observações por que nós, respeitamos o sofrimento da escrita apenas quando ele se expressa em doenças graves? Talvez fosse mais saudável se conseguíssemos permitir a nossos alunos a elaboração do que significa o processo criativo de escrever uma tese.

Muito já foi pensado, mas creio que ainda há muito a se elaborar sobre outras etapas, em particular a etapa da escrita de uma tese. Mas existem os prazos, e estes precisam ser cumpridos. Por isso, escreve Miriam, que a "dor da tese" é uma dor não apenas de quem escreve a tese, mas também uma dor de quem orienta, dor que fala também de uma relação que se encerra com o final da tese.



Créditos da foto



Postagens mais visitadas deste blog

Conheça os licores famosos e como servir

Licor é uma bebida antiga que tem base de destilado, é aromatizado e possui no mínimo, 20% de açúcar. Os mais famosos do mundo vem da Europa porém, há registros históricos sobre povos antigos que consumiam algum tipo de bebida semelhante ao licor. 
Licores mais famosos do mundo •   Amaretto Disaronno (Itália): o licor de amêndoas •    Frangélico (Itália): avelã •    Pisa Nut Liqueur (Itália): avelã •    Vermeer Dutch Chocolate Cream (Noruega): chocolate •    Kahlúa (México): café •    Tia Maria (jamaica): café •    Chambord (França): Framboesa •    Maraschino (Itália): Cereja •    Limoncello (Itália): limão siciliano •    Midori (Japão): melão •    Sortilége (Canadá): maple •    Cointreau (França): laranja •    Grand Manier (França): laranja •    Bénédictine (França): ervas em fórmula secreta criada em 1510. •    Chartreuse (França): fórmula secreta a base de ervas •    Jägermeister ( Alemanha): Feito desde 1878 leva 56 tipos de ervas •    Pernod (França): anis •    Sambuca Romana (Itália): anis e uma c…

Como organizar o material de limpeza

Quando você passa algum tempo sem organizar os materiais de limpeza, parece que muitos frascos procriaram. Você encontra muitos sem nenhuma função e até produtos fechados que comprou em alguma promoção e esqueceu. Qualquer material de limpeza que você não usa pode ser doado para algum lugar onde possa ser aproveitado.

Como organizar o material de limpeza
Junte todos os produtos de limpeza que você tem em casa e analise cada um. Separe aqueles que são essenciais e guarde juntos em uma prateleira. Eu gosto de organizar meus produtos em bandejas redondas pois como ficam no alto, posso girar e buscar o que me interessa na bandeja, sem precisar de escada.
Nem todos os produtos que você tem são necessários para a limpeza da sua casa. O material de  limpeza só tem valor se for usado. Se há algum produto no armário que ainda nem foi aberto, abra-o e utilize-o até o fim, mantendo minuciosamente limpos todos os espaços de armazenamento de sua casa.

As bandejas redondas


As bandejas que utilizo pa…

Roupas de ficar em casa

Tenho o hábito de me arrumar pra ficar em casa. Gosto de me arrumar logo cedo, antes de sair do quarto, passo um creme com protetor solar e um pouco de base, um batom tom de boca e um lápis de sobrancelha. Uso roupas de ficar em casa.

A primeira parte do meu dia é cuidar do café da manhã de casa, guardar tudo que está fora de lugar e arrumar a casa. Depois  de olhar agenda. Almoçamos juntos em casa. 
Aí, me arrumo para resolver as atividades fora com um look mais arrumado. 

Quais é a roupa mais adequada para ficar em casa?

Roupa de ficar em casa é roupa feita de tecido gostoso e confortável, que não aperta, que fica soltinho, que permite movimentos, que deixa a gente bem quentinha (no frio) ou mais a vontade no maior calor. Pode ser calça de moletom ou de plush, camiseta, vestidinho de viscose, de malha ou de algodão. Também pode ser casaco ou shortinho jeans, pode ser cáftan, pode ser de sapatilha, tênis ou melissa… 

A roupa de casa deve permitir além do conforto, deixar a gente preparada…

Etiquetas lindas para imprimir

Hoje, depois de fazer minhas atividades agendadas, vou imprimir etiquetas para fazer uma arte.  Não será exatamente esta, mas é muito parecida.

É só escolher e imprimir as etiquetas.
Você pode imprimir em papel couché, furar e amarrar uma fita para uma lembrancinha.
Pode também colar em vidros, caixas ou onde quiser.

Inspirou?
O que você gostaria de etiquetar?
Escolha a sua aqui:  http://blog.worldlabel.com

Presentei com Agenda de Casa

Você nem precisa mais se preocupar com a limpeza e organização da casa!O Planner Agenda de Casa possui um plano anual com todas as atividades diárias, semanais, mensais, bimestrais, semestrais e anuais e muito espaço para seu planejamento!
Funciona para quem mora sozinho, com a família,  como também para quem tem ou não faxineira ou empregada doméstica. Para cada dia você encontra sugestões pré-agendadas de limpeza em um ambiente da casa, elaboradas a partir de um plano anual. 
O Planner Agenda de Casa tem muito espaço para seu planejamento. Além de sugestão diária de cardápio  que é uma mão na roda! Nos calendários mensais, você tem espaço para fazer seu planejamento mensal e priorizar diariamente o que não pode ser adiado. Também há espaço diário para anotações e gratidão. Enfim, são 400 páginas com espaços para personalizar suas metas e tarefas. Como o planner não tem datas definidas, você pode começar a usá-lo a qualquer hora! Prepare-se para se organizar com muito estilo! Em pouco…